Lula Barbosa e Natan Marques - a história e o futuro da MPB



O show Amigos, Sonhos & Canções, baseado no último disco de Lula Barbosa (Amigos, Sonhos & Canções, 2005), traduz com fidelidade a sua maneira de encarar o ofício musical: sempre em coletivo. Acontece que a parceria com outros artistas de talento se faz em todas as etapas da sua produção, a começar pela composição, frequentemente dividida com letristas como Vanderlei de Castro (“Mira Ira”, “Ruas e Luas”, “Amigos e Canções”), Ana Lúcia (“Toque Mágico”), Glads Júnior (“Tomaracá”), Pedro Baresi (“Se Eu Pudesse”) e Ricardo Castro (“Estrela Guia”). E não para por aí. Na interpretação o parceiro muda, torna-se o cantor, que toma a obra original como sua e a leva pelo mundo afora, assim como fizeram Fabio Jr, Roberto Carlos e Jessé, co-responsáveis pela grande popularidade de algumas das suas criações, a exemplo de “Desejos e Delírios”, “História de Amor” e “Tempos de Fé”.

Lula, cantor de grande qualidade, também pôs diversas vezes a sua voz a serviço de composições alheias e colheu bons frutos, principalmente em duas ocasiões: “Verde”, de Eduardo Gudin e Costa Netto, que classificou para o Festival dos Festivais (mas não defendeu, por ter classificado, também, a sua emblemática “Mira Ira”), realizado pela Tv Globo em 1985, e “Brincos”, de Amaury Falabella, que defendeu no último festival da emissora, em 2000, colaborando para a obtenção do 1° lugar no júri popular. “Amigos, Sonhos e& Canções” é, assim, um inventário de todo esse trabalho entre amigos cultivado por Lula Barbosa, uma verdadeira prova de que o todo sempre pode ser maior do que a soma das partes. Ao seu lado, comandando as execuções instrumentais, estará o renomado guitarrista e violonista Natan Marques, outro grande amigo que o tem acompanhado ao longo dos 5 últimos anos da sua trajetória. Natan foi o violonista que acompanhou simplemente Elis Regina, creio que só esta indicação já dispensa grandes apresentações. Após a morte desta inesquecível intérprete, atuou com vários outros expoentes de nossa música, tendo trabalhado por um longo tempo com Renato Teixeira.
Um show que não dá para perder, dia 30 de Agosto no Armazém Mineiro do Embú das Artes - Reservas (11) 8179-6876 Giba.

Pérolas do Repertório:
- AMIGOS E CANÇÕES (Lula Barbosa/Vanderlei de Castro)
- ESTRELA GUIA (Lula Barbosa/Ricardo Castro)
- SE EU PUDESSE (Lula Barbosa/Pedro Baresi)
- DESEJOS E DELÍRIOS (Lula Barbosa/Ana Lúcia/Rubens Alarcon)
- HISTÓRIA DE AMOR (Lula Barbosa/Pedro Baresi)
- BRINCOS (Amaury Falabella)
- TOMARACÁ (Lula Barbosa/Glads Júnior)
- TOQUE MÁGICO (Lula Barbosa/Ana Lúcia)
- ACONCHEGO (Lula Barbosa/Ricardo Castro)
- VERDE (Eduardo Gudin/Costa Netto)
- RUAS E LUAS (Lula Barbosa/Vanderlei de Castro)
- TEMPOS DE FÉ (Lula Barbosa)
- ROUPA SUJA (Lula Barbosa/Vanderlei de Castro)
- MIRA IRA (Lula Barbosa/Vanderlei de Castro)



7 comentários:

  1. Joca disse...:

    Seo GibaDaViola:

    Esses moços tem uma história muito bonita na MPB. Conheço mais o Natan, que já tocou com Deus e o mundo, grande parceiro de Renato Teixeira.
    Farei de tudo pra pegar o Murzelo Alazão no laço e fazer o pangaré me levar ao Embú!

    Grande abraço!

  1. Joca disse...:

    Seo GibaDaViola:

    Esses moços tem uma história muito bonita na MPB. Conheço mais o Natan, que já tocou com Deus e o mundo, grande parceiro de Renato Teixeira.
    Farei de tudo pra pegar o Murzelo Alazão no laço e fazer o pangaré me levar ao Embú!

    Grande abraço!

  1. Joca disse...:

    Seo GibaDaViola:

    Esses moços tem uma história muito bonita na MPB. Conheço mais o Natan, que já tocou com Deus e o mundo, grande parceiro de Renato Teixeira.
    Farei de tudo pra pegar o Murzelo Alazão no laço e fazer o pangaré me levar ao Embú!

    Grande abraço!

  1. José Maria disse...:

    Salve, salve, salve Joca (tres vezes é a norma?). Como diz a Fernanda, a Lenda vai ser um "encontro de gigantes". O Lula é dos bons tempos do Beleléu (não existe mais) lá em Santana. Lembra-se?. O Embu das artes do Biba vai ficar pequeno. Grande abraço.

  1. José Maria disse...:

    Está mal. É Giba e não Biba. Vamos ao Embu das artes do Giba.

  1. Gibadaviola disse...:

    Epa, biba não rapaz, este é um adjetivo que eu num carrego, rá,rá, rá...Vamos sim, já ví este show e vale cada minuto, cada nota...

  1. Joca disse...:

    Pois é, três vezes Joca, pra ficar tregistrado! Ei Zé, podemos bolar uma "logistica", hein? Vamos ver!

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.