Lula Barbosa no Bar do Frango

O Bar do Frango assumiu de vez a "parte que que lhe cabe" na abertura de espaço e divulgação dos nossos grandes artistas. A cidade de São Paulo, que abre portas para todas as manifestações culturais de todos os lugares, de todos os gostos e desgostos, está quase que zerada no quesito oportunidade para a boa musica ao vivo. É por estas e outras que estamos sempre divulgando as apresentações. Também assumimos a parte que nos cabe, a nossa responsabilidade.

Para este sábado, dia dezenove de junho, o convidado do Tatau é o Lula Barbosa. Autor de musicas gravadas por ele e por dezenas de outros artistas é também um excepcional intérprete das mais belas musicas brasileiras.

É o autor de Mira Ira, segunda colocada naquele Festival da Globo com a marcante interpretação e arranjos. A musica foi defendida pelo Lula Barbosa, Miriam Mirah, Taranancon e Placa Luminosa. Participou ainda de diversos Festivais de Musica e com indicação para prêmios como o Sharp e o Tim.

Então é neste sábado no Bar do Frango que poderemos ouvir Lula Barbosa sem cobrança de couvert e obrigação de consumação mínima.

Começa lá pelas nove ali na Avenida São Lucas logo depois da Igreja, do lado esquerdo em frente a uma pracinha. A São Lucas começa na rua do Oratório a uma quadra da Luiz Inácio de Anhaia Melo. É fácil.



3 comentários:

  1. Carol Gomes disse...:

    Atrasada, mas.. muito obrigada pelo post sobre meu vô (Zé Gomes) Sou filha do André e você me fez chorar lendo seu post. Obrigada por reconhecer como muitos não reconhecem, o quão importante ele foi para a musica brasileira. xx

    Carolina Gomes

  1. José Maria disse...:

    Olá Carol, foi o Joca o autor do emocionante texto. Também conheci o Zé, um dos maiores musicos do nosso Brasil. Este espaço é para que a gente possa de alguma forma, honestamente, cultuar nossos artistas. Grande beijo.

  1. joelesilva@hotmail.com disse...:

    Carol:
    Nosso post foi homenagem simplissima ante o que significou o Zé Gomes, não só um dos maiores de nossa música, mas especialmente alguém que refletia com agudeza a condição da cultura brasileira. também era um amigo sincero, sempre correto. Faz falta, mas sempre nos lembramos dele com prazer, pois, é como contiasse entre nós.. Grande beijo!

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.