Katya Teixeira. Vem comigo.

Sábado, dezenove de maio de dois mil e doze. SESC Belenzinho, a abertura do espetáculo de lançamento do CD Feito de Corda e Cantiga . 



Vem comigo
Luis Perequê 

Eu venho de longe
De muito longe
Não tenho segredos, nem medo de amar
Inventei meu caminho e preciso passar 

Vem comigo que eu vou lhe mostrar
Quantos homens de bem
Tem os braços abertos pra nos abraçar
Muito além , muito além
Do que pensam do amor
Desses homens

Eu aprendi muito cedo
O segredo do fogo
E entre o jogo da vida
E a carta da morte
Eu tenho a sorte escondida em meu peito
Feito brasa esquecida acesa
Que eu reacendo as labaredas dos meus sonhos

Sei sonhar e partir
Vem comigo que eu já sei sonhar e partir
Vem comigo que eu já sei sonhar e partir
 
E tenho a sensação de não estar sozinho
Sei sonhar e partir
Vem comigo

Eu aprendi muito cedo
O segredo do fogo
Entre o jogo da vida
E a carta da morte
Eu tenho a sorte escondida em meu peito
Feito brasa esquecida acesa
Eu reacendo as labaredas dos meus sonhos

Sei sonhar e partir
Vem comigo que eu já sei sonhar e partir





4 comentários:

  1. Joca disse...:

    Amigo Zé:

    katchêrê conhece os segredos do povo!

  1. Gibadaviola disse...:

    E tinha o Zé Maria lá atrás escondendo sua timidez na Coxia, sem saber que sua presença estava por todo o palco espalhada nos detalhes tão bem trabalhados...

  1. José Maria disse...:

    Giba da Viola o povo é sábio e o dito popular sabe tudo: "cada macaco no seu galho", ou em uma linguagem mais intelectual, do "naipe" da Fernanda de Aragão: "ao palco quem é do palco". Grande abraço.

  1. Anônimo disse...:

    Parabéns à Katya, por este belo trabalho e ao Luis Perequê, autor desta linda musica, uma das minhas preferidas deste disco!
    E também ao Zé Maria, sempre presente, a nos fazer algum mimo.
    Grande abraço a todos! Sucesso!
    Nair Botiquio

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.