No balanço da (minha) rede...

Minhas memórias do sertão não existem. Apenas vejo um saudosismo próprio de uma geração sem história, de um pai que, longe da surdina, declara: “filha, você é a ovelha negra da família”, manifestando-se contra esta vida sossegada do tipo “eu moro com meus pais”, cheia de sombra e água fresca.

Fazenda? Apenas aquela que João de Santo Cristo abandonou, “só para sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu”. O cara virou bandido “enquanto Mônica, tomava um conhaque no outro canto da cidade”. Poético? Não sei. Só sei que “eu acho que gosto de São Paulo”, o único ser-tão de mim que conheço, mas não tão bem assim.

Eu vou por ai procurando saci-pererê pela cidade. Nunca vi um, mas tenho o privilégio de ter bons amigos e de poder ouvi-los pelos cantos da metrópole. Ainda me lembro quando cheguei no Café Fubá pela primeira vez, só para um brinde de um sertão que não conheço, e que aprendi escutar na viola.

Domingo passado foi dia dos pais lá no Centro Cultural Vergueiro. Coisa boa de ver, o Oswaldinho e a Marisa no balanço da (minha) rede.


______________
Ficha Técnica: Causos e Cantorias
Oswaldinho Viana: voz, violão e viola caipira.
Marisa Viana: voz e percurssão de efeitos.
André Perine: baixo e violão.
Daniel Viana: violão e viola caipira.
Pratinha: flauta transversal e bandolim.
Galba: violino e rabeca.
Pixú Flores: percurssão.



3 comentários:

  1. Joca disse...:

    Fernanda: o Saci tá por aí, sim; o problema é que para ele aparecer, são necessárias determinadas condições - tem que ter redemunho, por exemplo, e voce tem que ter a mão uma garrafa com uma rolha!
    Convenhamos, que são raras tais condições. A posição dos prédios, os corredores das ruas, o asfalto, isso dificulta a vida do Saci! Sem contar que a poluição, se muito intensa, provoca tosse, e não existe nada mais inviável do que um Saci com tosse.
    De resto, não é preciso ter nascido na roça pra ser do sertão! Sampa é mesmo um imenso sertão, com suas infinitas variedades topográficas, culturais e tantas outras!

    Eita, que ocê perdeu o show da Katya!

  1. Fernanda disse...:

    Oxi seu Joca, ocê foi ver a Katya outra vez, é? Oxi, me deu preguiça. Tu é sabido no Saci, né não? Acho que se ocê ismiuçá isso aí, dá boa história, dá não? É meu voto pra seu proximo causo!!! Ponha as ordens tudo certinho pra modo de eum cruzá logo com o saci e ter uma prosa com ele. Beijos.

  1. Foi muito bom poder ver e ouvir os Vianas de novo,a gente esta sempre por perto, mas tem dia que é especial e domingo foi um deles, achei ótimo, leves e soltos sem o compromisso do lançamento de disco cantaram dos dois cds e foi muito bom, quero mais parabéns a eles. bjs Catito

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.