Natal Paulista (por Alfredo Gasparetti)

Jardim da Luz - São Paulo




NATAL PAULISTA

A Vila Maria, de supetão, disse para a Vila São José:

- Estou grávida. Vou dar no Jardim da Luz a uma Praça Menino Jesus.

A Vila São José quase foi parar na zona oeste pelo tamanho susto, e perguntou:

- Grávida de quem? Quem lhe disse isso?

Vila Maria respondeu:

- Foi a Rua Anjo da Anunciação. Uma tal de Avenida São Gabriel. Aliás, a Vila Santa Isabel também já está sabendo a mais de dois meses... Pode perguntar.

A Vila São José, depois dessa, foi parar na Vila Madalena, que entra somente mais tarde na história, para tomar uns gorós. Bebeu a alma. Ouviu e cantou Dolores Duran, Lindomar Castilho, Dalva de Oliveira, Orlando Dias... Derramou cerveja na toalha da mesa, acendeu o cigarro pelo filtro, e hora de pagar a conta, deu o Bilhete Único pensando ser cartão de crédito, vexame... Esperando o dia clarear e o metrô abrir, aparece um cabrochinha de um metro emeio e lhe diz:

- Salve! Sou a Avenida São Gabriel, a Rua do Anjo da Anunciação, tudo bem?

A Vila São José olhou de lado e disse:

- Péra aí! A Vila Maria já falou me falou de ti. Você não era o cara que disse que ela estava para dar no Jardim da Luz a uma Praça Menino Jesus?

- Acertou. E o negócio é sério, cuida da mãe e do garoto que irá nascer e, sucesso!

Após, Vila São José pegou o metrô, mais dois ônibus, pagou apenas a tarifa mínima e foi ter com Vila Maria, até o dia do rebento. Sistema de saúde nesta terra, não é fácil... Vila Maria iria dar o Jardim da Luz no Bairro do Belém mas, por falta de leito foi parar na Lapa. A Praça Menino Jesus nasceu! A Rua dos Reis Magos deram de presente para o pimpolho ouro, incenso e mirra. A Rua do Bom Pastor cantou músicas de Lamartine Bábo e "Acalanto" do Chico Buarque, coisas de naninha nenê. Outras Ruas e Bairros com nomes de animais estiveram presentes, a Rua do Pombo, o Bairro das Perdizes, a Rua da Ovelha, e o M´Boi Mirim; que deve ser uma raça bovina anã.

Após o nascimento foram criadas mais duas ruas, a Rua da Paz e a Rua da Felicidade. O Natal não é somente em dezembro. O Natal é sempre, diariamente no nome das ruas, praças e avenidas. Está gravada nas tabuletas de 40 por 30 centímetros em cada esquina. Está no nome e no sobrenome dos pedestres e moradores desta cidade. É só ver...

Alfredo Gasparetti



1 comentários:

  1. José Maria disse...:

    Poeta Alfredo, "olheiro" das ruas de São Paulo, seja bem vindo.Foi melhor a opção da Lapa, pois se tivessem escolhido a Vila Natal teriam que tomar o 675-D no metrô Vila Mariana e rodado muito, muito para chegar lá. Grande abraço.

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.