Festival da Truta - TAO do Gomeral

Para Vera de Souza e Pedro Dixon

Caminho de ida: estrada de terra na Mantiqueira

Caminho de ida: nelores ganhando arroubas na bolsa de valores (hehe!)


E foi assim. A Bê Galvão, declamadora das boas, bateu o pé e me arrastou para o Festival da Truta, que acontece anualmente no bairro Gomeral, em Guaratinguetá. Indo com tempo dá pra dar um tchauzinho na Basílica, em Aparecida, e um oizinho na Fazenda Boa Esperança, onde o papa ficou hospedado. E vamos que vamos!

Monjolo pouco antes da entrada da Fazenda Boa Esperança

Capela da Fazenda Boa Esperança (construída para a vinda do papa)

Foi assim. O Pedro Dixon, sabe-se lá como, deixou recado aqui no blog sobre o TAO do Gomeral, que seu restaurante também estaria no Festival da Truta e coisa e tal. Eu fui que fui. Como de costume, cheguei, me apresentei e blá blá blá. Encontrá-los, ele e Vera - sua esposa -, talvez tenha sido uma das 10 coisas mais memoráveis deste blog. Os dois e o TAO do Gomeral são mesmo show de bola! (Meus eternos agradecimentos pelo carinho com o qual fomos recebidas, eu e a Bê Galvão).

No meio da Mantiqueira: TAO do Gomeral

O telhado rústico do TAO ...

Truta na pedra em fogão à lenha quem não quer experimentar? Vai por mim, é uma delícia! E tem também bacalhau, filé, massas, pratos típicos, doce de abóbora, de leite e outros tipos. Café passado na hora e essas coisinhas de gente aconchegante. Bão demais!

A cachoeira do TAO ...

O lual do TAO do Gomeral

Lá no orkut, o perfil do TAO do Gomeral diz e eu endosso: “Point descolado entre Guaratinguetá e Campos do Jordão, a 1100 metros de altitude, à beira da cachoeira, numa florestinha freqüentada por tucanos-do-bico-verde, sabiás, xexéus, esquilos. A região possui inúmeras outras cachoeiras e picos com acesso regular por trilhas, que podem ser percorridas com um monitor ambiental credenciado. As trutas servidas no TAO do Gomeral são criadas na própria região. São 7 km até o alto da serra, 21 km até o Parque Estadual de Campos do Jordão e 32 km até Capivari”.

Tito e Bê Galvão: piano e poesia

Pois é! E tem trilhas monitoradas nas montanhas, piano e violão todo final de semana. Se você contar com a sorte, poderá dar de cara com um lual, feito com muito carinho e pronto para invadir madrugada adentro. Os corajosos, depois da cachaça, podem ainda dar um pulinho na cachoeira que fica ali mesmo, a poucos metros. Só um detalhe: a água é fria pra danar, vejam vocês, é que truta gosta mesmo de nadar assim!

Os anfitriões ... Bravo!
____________
TAO do Gomeral (aberto aos finais de semana e feriados)
Estrada Guaratinguetá – Campos de Jordão, km 25.
Reservas: (12) 8136.1931
Contato: taodogomeral@gmail.com



4 comentários:

  1. Juliano disse...:

    Prezada Fernanda, parece um lugar mágico. Já anotei a dica. Valeu!

  1. soll disse...:

    lindo lindo!!! deu água na boca!! e nos óius! bjs soll

  1. Bê Galvão disse...:

    Fernanda! Não existiria melhor companhia do que a sua para desfrutar (ou seria desTrutar? rs) este momento, este lugar e estas pessoas!!!

    Muito obrigada e até a próxima aventura.

    Obs.: vou me apresentar num sarau em Cunha dia 09/07. Que tal?

    Beijos

  1. TAO DO GOMERAL disse...:

    Fernanda, não temos como agradecer seu carinho conosco, sua passagem pelo espaço que tanto sonhamos e está rolando agora. Sua matéria ficou ótima. Parabéns e volte sempre, será um grande prazer.

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.