Empório Santa Helena

E é com muita viola que o Empório Santa Helena saúda 2009.

PRÓXIMOS EVENTOS:

21.mar.09 - Jica y Turcão
18.abr.09 - Chico Lobo
25.abr.09 - Índio Cachoeira e Ricardo Vignini
02.mai.09 - Tarancón
09.mai.09 - Júnio da Viola
30.mai.09 - Maria Martha
06.jun.09 - Valdir Verona



O EMPÓRIO SANTA HELENA
música de raíz em Embu das Artes

Andar com arte. Entre um berço de tradições, as caminhadas pelas vielas, ruelas, praças e igrejas têm sempre um quê a mais. No charmoso e colorido centro histórico de Embu das Artes, ao largo de tantas lendas que movimentam a antiga aldeia, das galerias de arte, dos móveis rústicos e das lojas de artesanato, o antigo Armazém Mineiro caminha tropeiro e, em nova morada (agora na Praça dos Jesuítas), é rebatizado e recebe a benção de Empório Santa Helena. A viola continua em tradição, com cachaças envelhecidas e toda esta mineirice que a gente se apega num tirinho. Lareira para as cantorias em dias de frio e para os outros dias uma voz afinada em melodias da cultura da gente, com cantos, encantos, e os causos - feitos pra arrematar - do Giba da Viola, parceiro, amigo, gente boa.

O casario colonial dá as boas-vindas. Para a música de raiz e muito mais. Um cancioneiro popular, um cordel de veredas, charangas, rabecas e violões. Caipiras ao leve sopro do vento, paulistanos que se põem a bailar, mamelucos, caboclos e jeca-tatus. Uma melodia ao som dos pássaros, castanholas, flautas e bandolins. Um cantinho, uma viola e muito mais.

Vale Conferir!


Retrospectiva:


14.mar.09 - Oswaldinho e Marisa Viana
06.fev.09 - Oswaldinho e Marisa Viana
31.jan.09 - Mina das Minas
17.jan.09 - Orquestra Brasileira de Violas
13.dez.08 - Nanah Correia [myspace]
06.dez.08 - Viola de Saia
05.dez.08 - Oswaldinho e Marisa Viana [site]
29.nov.08 - Kátya Teixeira [site]
21.nov.08 - Cláudio Lacerda [site] [myspace]


EMBU DAS ARTES

Para os que chegarem mais cedo, a Feira de Artesanatos. Tem também uma grande variedade gastronômica de comida típica brasileira. Tem a lenda da Cobra e do Índio lá na capela de Nossa Senhora do Rosário, que vale a visita, a lenda do Tesouro do Lago, e aquela do Diabo, e a da Mãe D´Água, mulher moça formosa, cujo corpo da cintura para baixo tem forma de peixe e as mãos se assemelham às extremidades inferiores dos palmípedes, atrai os homens com sua faceirice e canto hipnótico.

E já que você está com tudo agendado, acompanhando a programação e coisa e tal, anote aí, para que não se perca no meio de tanta história do Brasil:

* Em 1939 e 1940, o conjunto jesuítico – que compreende a Igreja Nossa Senhora do Rosário e a residência dos jesuítas – foi considerado Patrimônio Nacional e restaurado pelo SPHAN (atual IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

* Em 31 de janeiro de 1969 foi criada a Feira de Artes e Artesanato na frente da Igreja Matriz, hoje Museu de Arte Sacra. No decorrer de seus trinta e um anos de existência a Feira foi ocupando todas as ruas do Centro Histórico - agora Passeio das Artes. Paralelo ao desenvolvimento da Feira, foram surgindo as diversas lojas de artesanato, galerias de arte, antiquários e lojas de móveis rústicos artesanais, tornando a cidade conhecida por Embu das Artes.

* A tradicional Feira de Artes de Embu conta com uma grande variedade de produtos artesanais, obras de arte, e também o chamado “industrianato”. A Feira do Verde, que antigamente ocupava a Praça da Lagoa e agora está localizada na Rua Siqueira Campos, incrementa junto com as barracas de alimentos e bebidas, a diversidade de produtos oferecidos.



1 comentários:

  1. Sonia Regly disse...:

    Fernanda,
    Fiquei muito honrada e feliz por visitar o Compartilhando as Letras. Como encontrou o Blog??? Pena que não comentou, gostaria de conhecer sua opinião.Grande beijão.

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.