Viva a viola caipira! Viva o Sertanejo Raiz!

(Ministério da Cultura)

Circuito inclui também apresentações musicais dos vencedores do 1º e 2º Prêmios Syngenta de Viola Instrumental, realizados em 2004 e 2005, Sidnei de Oliveira e Chico Moreira, respectivamente

O Circuito Syngenta de Viola Instrumental surgiu resgatando o contexto de respeito e valorização a um instrumento tipicamente brasileiro, a viola, tecendo assim a raiz do estilo sertanejo e dando à viola caipira uma oportunidade de difusão entre vasto público, além de valorizar os artistas, executores e compositores desse estilo. Assim procura criar um cenário nacional, valorizando a cultura regional brasileira.

O projeto tem a previsão de realizar 20 shows gratuitos Brasil afora, 12 deles em 2009 com violeiros de projeção e respeito em todo o país como Levi Ramiro, Ivan Vilela, Renato Teixeira, Paulo Freire, entre outros. Desse modo, a empresa responsável, a Syngenta acredita que será possível atingir os objetivos do circuito que são valorizar a música regionalista e a cultura da viola instrumental, e ainda difundir suas vertentes e dar a oportunidade do público do interior de assistir a espetáculos que valorizem a sua própria cultura. Para o gerente de relações institucionais da Syngenta, Guilherme Landgraf Neto, o formato do Circuito vai além, “é uma forma pertinente de prestigiar o principal parceiro da empresa que é o homem do campo”.

O Circuito inclui também apresentações musicais dos vencedores do 1º e 2º Prêmios Syngenta de Viola Instrumental, realizados em 2004 e 2005, Sidnei de Oliveira e Chico Moreira, respectivamente. A iniciativa da Sygenta conta com o apoio de incentivos gerados pela Lei Rouanet.

O formato dos shows prevê a presença de dois violeiros e um anfitrião, papel que será desempenhado pelo violeiro e artesão Levi Ramiro. O anfitrião, além de tocar, vai também “prosear” e estabelecer uma “ponte” entre os violeiros e a platéia, através de “causos” e histórias pitorescas envolvendo a música regionalista de raiz.

Levi Ramiro- Natural de Uru, pequena cidade do interior Paulista, hoje residente em Pirajuí, o violeiro e artesão tem sua trajetória marcada inicialmente pelo violão que o acompanhou nas primeiras composições e nos primeiros festivais. Com base nos valores da cultura caipira e misturando elementos que formam nossa Música Brasileira, Levi Ramiro celebra em suas composições, a poesia e a simplicidade da vida interiorana.

Vem apresentando-se desde 1997, com a gravação do primeiro trabalho, em vários espaços culturais e unidades do SESC pelo Brasil, em programas de TV e Rádio que valorizam a boa música, divulgando também seu trabalho como artesão.

Em Mato Grosso o Circuito Syngenta de Viola Instrumental vai se apresentar em novembro, dia 19, em Sorriso, interior do Estado, no Centro de Tradições Gaúchas com shows de Levi Ramiro e João Ormond. Já o show em Cuiabá será realizado no Sesc Arsenal com Levi e Daniel de Paula mas ainda não tem data confirmada. Informações: www.circuitosyngentadeviola.com.br



0 comentários:

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.