Lampião de Gás, Orquestra Fervorosa e Inezita Barroso

O Joca, em texto publicado aqui no dia 24 de abril, fez uma merecida homenagem a Zica Bergami autora de Lampião de Gás e que faleceu no dia 16 de abril. É compositora de muitas outras e também artista plástica. Aqui o texto do Joca. No dia 17 de abril a Orquestra Fervorosa, na programação da Virada Cultural, fez uma homenagem a Inezita Barroso que fez uma homenagem a Zica Bergami interpretando Lampião de Gás. Naquele momento ainda não tínhamos notícia da morte de Zica Bergmi.
A Orquestra Fervorosa, uma criação dos nossos amigos Paulo Serau e André Perine, fez uma das mais emocionantes apresentações da Virada Cultural no domingo de manhã no palco da Estação Julio Prestes. Todos jovens músicos preocupados em preservar o melhor da nossa cultura popular.
“A Orquestra Fervorosa foi criada em 2010, pelos músicos e arranjadores André Perine e Paulo Serau, com o intuito de religar a tradição da música popular brasileira com as nossas saudosas orquestras, seguindo a escola dos arranjadores e maestros Severino Araújo, Guerra-Peixe, Lyrio Panicali, Leo Peracchi, Radamés Gnattali, Hervé Cordovil, Tom jobim, entre outros grandes nomes. Para essa apresentação a Orquestra Fervorosa contou com a seguinte formação especial: Vozes: Roberto Seresteiro Bel Borges Patrícia Barbosa Marina Fossa Harmonia: André Perine - violão 6, baixo, viola caipira e direção Paulo Serau - violão 6, cavaco e direção Cleber Silveira - acordeão Wesley Ferreira - violão 7, violão 6 e cavaco Sopros: Lucila Ferrini - flauta Ariane Rodrigues - flauta Marina Beraldo Bastos - flauta/piccolo Klayber Varela - clarinete Flávio Rubens - clarinete Diego Lisboa - sax tenor Cesar Roversi - sax barítono Wellington Santos - trompete Oziel - trompete Joyce Peixoto - trombone Caroll Ramgel - trombone Percussão: Alê Cortina - caixa, prato e efeitos Marcio Sorriso - conga, ganzá, cuíca e efeitos Vagner Oliveira - pandeiro, efeitos Augusto Moralez - caxixi, reco-reco e vibrafone Cordas: Ricardo Dias - violino Lincon - violino Monica Dib - viola Rebeca Furquim – cello”.



1 comentários:

  1. joca disse...:

    ..se um genio me aparecesse na vespera da Virada Cultural, um dos tres desejos que solicitaria seria a capacidade de estar em vários lugares ao mesmo tempo, pelo menos durante a Virada. Pois perdi essa Orquestra Fervorosa e a justa homenagem à essa querida e encantadora Zica Bergami. Mas vi o Ballet Stagium numa belíssima e merecida homenagem ao eterno Adoniran Barbosa. Zica e Adoniran: nós paulistanos somos mesmo sortudos!
    Abraço, ZéMaria!

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.