Ni hao ?

A Guarda Civil Metropolitana de São Paulo está oferecendo curso de chinês, gratuíto, para quarenta guardas. Os quatro melhores farão um estágio na China.
 
Houve um tempo em que era fundamental, e ainda é, que os filhos aprendessem inglês, o que era, e ainda é, em escolas particulares. A cidade de São Paulo é a maior cidade nordestina do Brasil, a maior colonia japoneza do mundo e, sei não, em breve a maior comunidade chineza. Se a proporção de habitantes prevalecer a ultrapassagem será "amanhã". Na região central, Vinte e Cinco de Março e arredores, um pouco do Pari e importadoras do Brás a língua semi oficial é o chinês. Nas ruas, nos pequenos shoppings, nas galerias a presença deles é destacada.
 
Na rua Barão de Duprat, em um prédio de seis andares, dos mil e duzentos boxes apenas sessenta é propriedade de brasileiros. Andar pelos apertados corredores deve valer, imagino eu, como conhecer um estabelecimento congênere da China por lembrar imagens conhecidas de televisão e cinema. Como os boxes são pequenos, cheios de mercadorias e em alguns mal cabe uma pessoa, os parentes ficam pelos corredores, homens, mulheres, crianças, muitas "de colo", outras em carrinhos infantis. Enquantos alguns adultos, principalmente os homens, dormem sentados em cadeiras outros conversam alto e a primeira impressão é de que possam estar brigando. É só a primeira impressão, é o jeito e a forma de comunicação entre eles. Os que atendem nos balcões falam apenas as palavras básicas em portugues mas entendem muito bem, sabem vender e são atentos e espertos, principalmente na hora de dar o preço e receber o pagamento. Poucos, muito poucos trabalham com cartão de crédito ou débito.
 
A necessidade de melhor atender, e entender a numerosa colonia chinesa norteou a Guarda Civil a oferecer o aprendizado de mandarin. Como um otimista convicto acredito que os guardas municipais façam o melhor proveito do curso e que não o usem com a intenção de exploração. Acredito nas boas intenções e no espirito brasileiro de bem receber os estrangeiros que aqui chegam.
 
Xie xie pela companhia até aqui e zai jian.

Serviço:
Ni hao: tudo bem?
Xie xie: obrigado
Zai jian: tchau



0 comentários:

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.