O SHOW JOGO DE CORDAS, NO MORA MUNDO


Sabemos, de há muito que São Paulo, nossa querida e inefável Sampa, tem muitos lugares legais, a maioria pouco divulgados. Um desses recantos aprazíveis foi descoberto há pouco pela equipe do Sertão Paulistano, o Mora Mundo.

O Mora Mundo tem uma história bonita, mas reservamos para contá-la em justa e devida entrevista com a Coordenadora do espaço, a Fernanda Laender. Por ora queremos apenas anunciar o próximo evento.

Pense num lugar acolhedor.
Pense num lugar super simpático, onde voce tem a exata sensação de estar em sua própria casa.
Pense num lugar onde voce tem toda a liberdade de manifestar-se, de “ser” voce mesmo(a) sem o risco de ferir melindres.
Pense num casa com quintal e banco de madeira, onde se pode prosear tranquilamente, sem pressa.
Pense num discreto bar, sortido com guloseimas feitas com muito carinho, diversas bebidas – incluindo cachaças artesanais – e uma coisa um tanto incomum nesses tempos de vale tudo: não custa os olhos da cara.

Pensou em tudo isso? E pensou que pode ter mais?

Pensou certo, pois o lugar existe e tem mais: Muita e boa musica. E não só!

Nesse lugar que muitos podem pensar a primeira vista ser um recanto imaginário, a música assume uma função que em outros tempos era algo perfeitamente natural, a música era ponto de convergência, razão de convívio social, de aproximação entre as pessoas.

Pensou nesse lugar ideal?

Pois pensou no Mora Mundo, a casa onde a música fez morada. Fica logo ali, na Barra Funda, a duas quadras do metrô Marechal Deodoro.

O Mora Mundo é diferente porque sua proposta é diferente. Não apenas uma proposta de melhoria da sociedade, mas acena para uma nova visão de mundo. Ou melhor, para a reconquista da esperança!
Quem habita esse frágil planetinha sabe das dificuldades que vivemos nos últimos anos. Um historiador do futuro talvez tenha melhores condições de analisar com sobriedade o que nos acontece hoje em dia, no acirramento de tensões, na explosão da intolerância sob várias formas, na confusão que gira em torno de conceitos que sempre foram tão caros para o mundo, como por exemplo, a ideia de democracia, tão deturpada ultimamente. O Mora Mundo, segundo definição de seus membros, é o “espaço das possibilidades”.
Enfim, a  centelha viva de esperança que cada um de nós guarda dentro de si, encontra no Mora Mundo o sopro vital, que anima a fraternidade ainda possível!



SHOWS DAS MARIS:

Na próxima sexta, 25/08, o Mora Mundo será palco de uma linda cantoria. Quem conhece a “casa” há de lembrar a beleza que é um show totalmente acústico, literalmente na sala de casa – quem assistiu, por exemplo, o show de Consuelo de Paula, sabe do que falo.
Por lá estarão Mari Ananias (voz e violão) e Mari Brandão (violoncelo). Desfilarão um repertório da canção brasileira, alvissareiro passeio por nossos campos, florestas, cerrados, veredas, ruas, descrevendo cenas compostas por artistas como Sivuca, Elomar, João Bá, Dércio Marques, Diana Pequeno, Vital Farias e outros.  
A doce e melodiosa voz de Mari Ananias, emoldurada pelo violoncello de Mari Brandão, será nosso guia no desvendamento do Jogo de Cordas que será essa miraculosa viagem pela música brasileira.
Ah,  Música! Deusa Música! Nossa gente te louva e honra e mostra seu valor!

                                           Consuelo de Paula e Fernanda (Mora Mundo)

 Visitemos a morada da musica, conhecemos o Mora Mundo. E nos deixemos levar nesse passeio encantatório pela musica brasileira. Quem for, verá. E valerá!

Vamos nos “arreunir”, conforme ensinou o grande Chico Maranhão, imortalizado na voz de Doroty Marques.
As Maris, a Brandão & Ananias, discípulas da mestra Doroty, vão nos mostrar a beleza do caminho das pedras!


Com a palavra, o Mora Mundo:

Um lugar compartilhado que busca criar relações horizontais, livre das opressões do Estado e do mercado. Neste espaço de difusão de ações socioculturais e educativa, cabem encontros, exposições, debates, cursos livres, grupos de estudos, oficinas, ensaios, mostras, teatro, música, diversão, troca e toda sorte de aprendizado que as possibilidades nos trouxerem!! 

Aqui não cabe, expressões racistas, machistas, sexistas, homofóbicas e nem transfóbicas. 
A casa de tudo está aberta! Bem vindos!!

Onde fica?

Rua Barra Funda, 391 – próximo a metrô Marechal Deodoro

Contribuição solidária: a partir de 10 reais.

                                                               onde mora a música!

                                                                     Outras atrações




0 comentários:

Postar um comentário

 
Ser-Tão Paulistano Copyright © 2010 - 2011 Template Oficial Versão 2 | Desenvolvido por Iago Melanias.